Eventos

Voltar

Michael Rische

Michael Rische faz parte do pequeno grupo de músicos que enriquecem consistentemente o panorama musical com o seu trabalho de investigação na área da interpretação. Ao gravar os concertos para piano de Beethoven (n.º 3 em Dó maior) e Mozart (n.º 20 em Ré menor), o pianista também optou por um caminho incomum: estas são as únicas gravações que oferecem várias cadências de diferentes épocas, à escolha do ouvinte.

Já numa linha bem contrastante, é também um entusiasta pela música do século XX, promovendo a ligação entre o mundo clássico com o do jazz: estreou concertos de piano de George Antheil (2001, Londres) e Erwin Schulhoff (1993, Augsburg), e realizou gravações dentro do estilo “jazzístico” de Copland, Honegger, Gershwin e Ravel, que alcançaram reputação internacional.

Após ter gravado composições inéditas no disco “Variações em B-A-C-H – obras para piano desde o barroco à era moderna” a propósito do 315.º aniversário de Bach, Michael Rische desenvolveu um extenso trabalho nos concertos de piano quase esquecidos do filho de J.S. Bach, Carl Philipp Emanuel, com crescente sucesso. Tem vindo a receber uma maior visibilidade com as suas gravações desde 2011 até hoje, com os media comentando entusiasticamente as suas gravações. No aniversário de C. P. E. Bach em 2014, dois dos seus concertos para piano foram transmitidos ao vivo e por toda a Europa pela emissora alemã MDR.

Michael Rische nasceu em Leverkusen, tendo estudado em Düsseldorf sob a direção de Max Martin Stein (piano) e Milko Kelemen (composição). Recebeu ainda a inspiradora formação de Rudolf Serkin, Pierre Boulez e Nicolaus Harnoncourt.

Colaborou com Maestros como Sylvain Cambreling, Yuri Simonow, Christoph Poppen, Grant Llewellyn, Michael Boder e Wayne Marshal, bem como com orquestras como a Staatskapelle Berlin, a WDR Symphony Orchestra em Colónia, a Radio Symphony Orchestra Berlin, a Orchester National de Belgique, a Orquestra Sinfónica Alemã de Berlim, a Bamberg Symphony e a BBC Symphony Orchestra London. Estas colaborações abriram-lhe as portas de salas de concerto na Europa, Israel, EUA e China. Michael Rische foi Artista Residente no Festival Internacional Kurt Weill em Dessau.

Os vinte CD’s como solista da EMI, Universal, Sony e Hänssler CLASSIC são bom testemunho do seu repertório. Na sua mais recente gravação, toca com os solistas da Berlim Barock e da Orquestra de Câmara da Filarmónica de Berlim.

Para além do seu trabalho como intérprete, Michael Rische também ensina piano na Academia de Música de Colónia em Aachen, Alemanha.

A primeira vez que tocou um concerto para piano de Carl Philipp Emanuel Bach foi em Março de 2009, com a Orquestra Câmara de Cascais e Oeiras.

Patrocinadores / Sponsors

Parceiros / Partnerships

X