Eventos

Voltar
Mezzo Soprano

Laura Vila

Laura Vila é uma mezzosoprano lírica natural de Barcelona, que iniciou a sua carreira colaborando na Associação “Amigos da Ópera de Sabadell” e nas suas digressões pela Catalunha.
A partir da participação com esta Associação, em 2010, em Cosí fan Tutte (“Dorabella”) de Mozart, começou a ser convidada para papéis de maior importância, como “Madalena” em Rigoletto, “Soror Zelatrice” em Suor Angelica, “Terceira Dama” em A Flauta Mágica e na “Voz da Mãe” n’Os contos de Hoffmann. Foi também convidada para papéis mais extensos, como “Amneris” em Aida, “Fenena” em Nabucco, “Adalgisa”em Norma, “Orfeo” em Orfeo ed Euridice, “Isabella” em L’Italiana em Algeri e, recentemente, no papel de “Carmen” na ópera homónima de Bizet.

Fora deste circuito participou no Festival “Zomeropera” na Bélgica, onde interpretou o papel de “Madalena” em Rigoletto. Interpretou ainda “Cendrillon” de Massenet, no Gran Teatre del Liceu (Barcelona), “Quarta Virgem” em Moses e Aaron no Teatro Real (Madrid), “Lola” na Cavalleria Rusticana no Teatro Principal de Palma (Ilhas Baleares) e, no Festival de Ópera de Ibiza, os papéis de “Orlovsky” em Die Fledermaus, “Suzuki” em Madama Butterfly e “Meg Page” em Falstaff.

Foi convidada como solista para diversos concertos, onde interpretou os papéis de “Amneris” (Aida), “Flora” em (La Traviata) e “Erste Mägde” (Elektra) no Teatro Nacional de Madrid, e “Leonora” (La Favorita) e “Giovanna Seymour” (Anna Bolena) noutras salas catalãs.

No repertório de oratória, foi solista na Missa em Dó Maior de Beethoven com a Orquestra Simfònica del Vallès no Palau de la Música Catalana, e no Requiem de Duruflé no Auditori de Barcelona. Estreou a sua participação no Requiem de Verdi no Auditorio Nacional de Madrid, dirigido por Thomas Sanderling. Cantou também o Requiem de Mozart no Auditório de Múrcia e noutras salas da Catalunha. Interpretou outras obras como Stabat Mater de Pergolesi, Magnificat de Bach na Catedral da Sagrada Familia, ou Gloria de Vivaldi no Auditório Wintertur em Barcelona.

AO longo da sua carreira trabalhou com os maestros Andrew Davis, Elio Orciuolo, Daniel Gil de Tejada, Enrico Delamboye, Rubén Gimeno, Santiago Serrate, Lottar Koenigs, Cristóbal Soler, Attilio Tomasello e Thomas Sanderling.

Foi premiada em diversas competições, tais como “Noves Veus” em Barcelona, “Primavera Lírica” em Premià de Mar, “Mirabent i Magrans”, “Mirna Lacambra” (cujo prémio foi um curso na Escola de Ópera de Sabadell), 1.º Prémio no Concurso “Balaruc les Bains” em França, e o 1.º Prémio no concurso de canto “Germans Plà” em Balaguer.

Alto Patrocínio / High Patronage

Patrocinadores / Sponsors

Parceiros / Partnerships

X