Eventos

Voltar
Barítono

João Fatela

João Fatela estuda no Instituto Gregoriano de Lisboa desde 2008, onde completou o 8.º grau de violoncelo em 2016. Desde então, frequenta o curso secundário de canto gregoriano na classe de Técnica Vocal de Armando Possante. Foi distinguido com o 1.º e 2.º prémios nos Concursos de Canto do IGL (2017 e 2018, respectivamente) e, em Abril de 2018, foi finalista no Concurso Internacional Cidade de Almada (nível I).
Interpretou os papéis de Pastore e Spirto na ópera L’Orfeo de Claudio Monteverdi, sob a direcção musical de Hernán Schvartzman, numa produção da companhia Muziektheater Transparant de Antuérpia em Agosto de 2017. Já interpretou também papéis como Adonis (Venus and Adonis, de John Blow) e Orfeo (L’Orfeo, de Claudio Monteverdi) em workshops de ópera do IGL. Em Dezembro de 2018 interpretou os papéis de Fiorello e Ufficiale na ópera Il barbiere di Siviglia de Rossini, apresentada no Auditório Viana da Motta da Escola Superior de Música de Lisboa.
Foi coralista no Coro Juvenil da Universidade de Lisboa durante 2015 e é, desde 2013, membro do Coro de Câmara do IGL. É igualmente membro do Coro Gregoriano de Lisboa desde Outubro de 2018, e do Coro da Fundação Calouste Gulbenkian desde Novembro do mesmo ano, tendo já participado na 3.ª Sinfonia de Karol Szymanowsky e na estreia em Portugal da obra Triumf att finnas till de Magnus Lindberg.
No seu modesto percurso artístico, João Fatela teve a oportunidade de trabalhar com maestros como Paul McCreesh, Lorenzo Viotti e Hannu Lintu. Apresentou-se em diversos palcos, entre os quais o Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, e o Grande e o Pequeno Auditórios do Centro Cultural de Belém.

Alto Patrocínio / High Patronage

Patrocinadores / Sponsors

Parceiros / Partnerships

X