Eventos

Voltar
Flauta Transversal

Giuseppe Nova

Giuseppe Nova é considerado um dos flautistas italianos mais representativos da sua geração. O Washington Post apelidou a sua performance na capital dos EUA de “fascinante”. Outros críticos falam de “interpretação iluminada [… e] uma linha musical extraordinária” (il Giornale), “a arte da música na sua perfeição” (Nice Matin FR), “um diálogo com brilhantismo” (Nürtinger Zeitung DE), ” simplesmente divino “(Concert Reviews, Reino Unido),” musicalidade “(The Sunday Times, Malta), entre outros.

Obtidos os Diplomas em Itália e França (Conservatoire Superieur de Lyon) com a famosa escola flautística de Maxence Larrieu, estreou-se em 1982 como solista com a Orquestra Sinfónica RAI. Daí o início de uma brilhante carreira que o levou a realizar concertos e masterclasses na Europa, Estados Unidos e América Latina e Ásia (Japão, China, Tailândia, Singapura, Coreia), atuando em salas e festivais famosos como Suntory Hall de Tóquio, Parco della Musica em Roma, Conservatório de Pequim, Castelo de Esterhazy, Universidade de Kyoto, Umbria Jazz, Academia Imola, Teatro Rudolfinum em Praga e Teatro Filarmónico de Verona.

Foi solista com diversas formações, como Virtuosi di Praga, Camerata Bohemica (Rep. Checa), Ensemble de Tokyo (Japão), Filarmonica di Torino (Itália), Tübinger Kammerorchester (Alemanha), Chesapeake Orchestra (Maryland, EUA), Orchestre de Cannes Côte d’Azur (França), Filarmónica da Tailândia, Orchestra dell’Arena di Verona (Itália), Orchestre Royal de Chambre de Wallonie (Bélgica), Astana State Philharmonic Orchestra Pavlodar Philharmonic (Cazaquistão), Severočeská filharmonie Teplice (Rep. Checa), Vienna Strauss Philharmonic Orchestra (Áustria), Filarmónica Cervantina (Espanha) e Pardubice Philharmonic Orchestra (Rep. Checa).

Foi membro de júris em Concursos Internacionais na Europa e na Ásia. Lecionou nos Conservatórios da Academia de Pescara, da Escola de Saluzzo, da Academia de Artes Fondazione em Roma e assistente no Conservatório de Genébra. É professor no Conservatório de la Vallee d’Aoste e é artista convidado na St. Mary’s College of Maryland, EUA.

Fez várias gravações para rádio e televisão, bem como em CD (alguns disponíveis no iTunes) com artistas como Maxence Larrieu, Bruno Canino, Arnoldo Foa, Wolfgang Schulz,e  desde 2006 que grava com a editora Camerata Tóquio. Recebeu o Prémio Kyoto na Chamber Music International, apresentou-se para o G-20 na Cidade da Guatemala e em 2011 foi premiado em Praga com o Prémio de actividades artísticas e culturais europeias.

Giuseppe Nova toca com um flauta de ouro 19,5 quilates Powell, construída exclusivamente para ele.

Alto Patrocínio / High Patronage

Patrocinadores / Sponsors

Parceiros / Partnerships

X