Eventos

Voltar

Christopher Widauer

Nasceu em Salzburgo em 1961. Depois de 4 anos como professor assistente na Universidade de Salzburgo, mudou-se para a gestão musical, trabalhando na Alemanha e na Áustria. Como diretor de um festival de música internacional, desenvolveu um software de emissão de bilhetes que agora é utilizado em locais de prestígio no mundo da língua alemã.

Depois de ter feito uma tournée internacional com a sua companhia de teatro privada de Viena que dirigia, juntou-se ao City Commissioner for Cultural Affairs de Viena em 2010 como Diretor do Departamento de Artes Cénicas. Aí desenvolveu uma Estratégia de Conteúdo Cultural Digital com base em pesquisas de escala global, em estreita colaboração com a BCG. Em março de 2013 foi contratado por Dominique Meyer, Diretor Geral da Ópera Estatal de Viena, para desenvolver e implementar uma forte presença digital. Até outubro de 2013, ele e as suas equipas desenvolveram a Ópera Estatal de Viena, constituindo-se assim um produtor e distribuidor totalmente independente de conteúdos digitais ao vivo e de alta qualidade. Christopher Widauer foi responsável pela conceção e configuração de infra-estruturas de última geração – câmaras remotas, novos estúdios de áudio e vídeo, marcas d’água internas, codificação e tecnologia de transcodificação –, bem como pelo desenvolvimento de uma solução de software complexa com backend, CMS, website, mobile e SmartTV Apps e conteúdo sincronizado Second Screen, com o recrutamento e formação de 20 novos funcionários e o desenvolvimento de novos fluxos de trabalho para todos os departamentos envolvidos da ópera.

Com o staatsoperlive.com, o Vienna State Opera exibiu com sucesso o primeiro stream UHD ao vivo em maio de 2014 e lançou o primeiro serviço ao vivo em UHD em setembro de 2015, tendo desenvolvido e instalado a tecnologia de produção e codificação também. Para esta inovação de ponta em estreita colaboração com os principais parceiros do mercado global, a Vienna State Opera foi homenageada com o prestigiado Prémio Especial IBC em Amsterdão em 2014 e o Prémio Nacional Austríaco para eMedia em 2015.


Opera 4.0 – Palcos Digitais para Ópera e Concerto. Desenvolvimento, oportunidades, riscos, potencial da Internet para locais culturais.

Ao longo dos últimos anos, a Vienna State Opera tem vindo a transformar-se numa produtor independente e autónoma, e também distribuidora de conteúdos digitais premium, tanto na internet como nos canais de difusão tradicionais. Oito câmaras full-HD controladas remotamente e um novo estúdio de som foram construídos, foram recrutados e formados novos técnicos, e foi implementado todo o equipamento necessário para o live streaming. Através da plataforma staatsoperlive.com, com conteúdos ao vivo e on-demand, 45 das 60 produções anuais de ópera e ballet chegaram a computadores, dispositivos móveis, SmartTV’s, Apple TV’s e Amazon Fire TV’s em todo o mundo. A disponibilidade do equipamento e dos técnicos da própria instituição possibilitam a produção de vídeos ao vivo e on-demand a um custo muito baixo, com todo o tipo de conteúdos: redes sociais, editoriais e educacionais, bem como para compilação de arquivo.

Serão apresentadas várias opções para a produção de conteúdos digitais para todo o tipo de instituições culturais (salas de ópera, salas de concertos, orquestras e eventos de várias naturezas) e a vários níveis (local, regional, internacional, global), discutindo os fluxos de trabalho envolvidos – gestão de direitos, equipamento de captação de vídeo e áudio, recrutamento e formação de técnicos, backendforntend para meios de transmissão externos (playout), e o potencial para o marketing, construção de comunidades e de monetização.

Alto Patrocínio / High Patronage

Patrocinadores / Sponsors

Parceiros / Partnerships

X