Eventos

Voltar
Trompete

Carolina Alves

 Carolina Inês Gomes Alves nasceu a 14 de fevereiro de 1993 em Ourém. Iniciou os estudos musicais na Academia de Música Banda de Ourém com o Maestro José Maria Mortágua. Em 2002 ingressou na Banda Juvenil de Ourém, agora conhecida como Orquestra de Sopros de Ourém. Completou o 8º grau de Trompete na Ourearte – Escola de Música e Artes de Ourém, tendo estudado com o Prof. Nuno Graça, Prof. Hernâni Petiz, Prof. Vítor Pereira e posteriormente com o Prof. Luís Carreira.

É licenciada pela Escola Superior de Música de Lisboa (ESML) na classe dos professores Stephen Mason e David Burt. Ao nível da música de câmara trabalhou em Quarteto de Trompetes, Quinteto de Metais, Octeto de Trompetes e Decateto de Metais na classe do Prof. Hugo Assunção. Frequentou regularmente a Orquestra de Sopros da ESML dirigida pelo Prof. Alberto Roque e a Orquestra Sinfónica da ESML dirigida pelo Prof. Vasco Azevedo.

Foi membro do projeto Orquestra de Câmara Portuguesa Zero, onde trabalhou com o maestro Pedro Carneiro. Em fevereiro do ano 2013, participou na I Academia de Metais da Orquestra Sinfónica da Casa da Música do Porto onde ganhou o concurso para reforço da mesma. Em março de 2014 foi selecionada para a Young Franco-German-Hungarian Phillarmonics com digressão na Alemanha e na Hungria. No mesmo mês apresentou-se a solo com a Orquestra de Sopros da ESML com a obra “Elegy to Miles Davis” sob a direção dos Maestros Timothy Reinish e Alberto Roque.

No ano letivo 2013/2014 esteve a estudar, ao abrigo do programa ERASMUS na Hochschule fur Musik und Theatre “Felix Mendelssohn Bartholdy” em Leipzig, Alemanha na classe do Prof. Guido Segers. Em 2014 foi selecionada para o projeto sinfónico da Orquestra de Jovens do Mediterrâneo sediada em Aix-en-Provence, sob a batuta do Maestro Alain Altinoglu.

Já em 2015 foi selecionada para a mesma orquestra, para o projeto da ópera “The Monster in the Maze” sob a direção de Sir Simon Rattle e orientação dos músicos da London Symphony Orchestra, entre eles os trompetistas Phil Cobb e Paul Meyes.

Em 2016 foi selecionada para a Orquestra de Jovens da União Europeia tendo atuado em salas como a Het Concertgebouw (Amesterdão), a Konzerthaus (Berlim), a Radio Hall (Bratislava) e a Warsaw Philharmonic Concert Hall (Varsóvia) com os conceituados maestros Vasily Petrenko e Bernhard Haitink.

Já colaborou com a Orquestra Sinfónica da Casa da Música do Porto e com a Orquestra Sinfónica Portuguesa. Em fevereiro de 2017 colaborou com a Al Bustan Festival Orchestra sediada em Beirute (Líbano), onde foi dirigida pelo Maestro Gianluca Marcianó.

Em junho de 2017 ganhou o lugar de reforço na Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras e na Orquestra Sinfónica de Cascais, realizando concertos na posição de primeiro trompete.

Em 2018 obteve o Mestrado em Performance na Hochschule fur Musik und Theatre em Leipzig na classe do Prof. Guido Segers.

Colabora frequentemente com a Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo sido dirigida já por maestros como Paul McCreesh, Susanna Malkki, David Alan Miller, Ludwig Wicki, David Afkham, Pedro Neves, Hannu Lintu, Jorge Matta, José Eduardo Gomes e Lorenzo Viotti.

Em junho de 2019 obteve o Mestrado em Ensino da Música na ESML, estando assim habilitada para a lecionação de trompete no ensino especializado de música.

Em dezembro de 2019 atuou com a Orquestra de Sopros da ESML numa das maiores conferências mundiais do mundo da música para sopros Midwest Clinic que decorreu em Chicago, Illinois.

Atualmente, para além do trabalho como freelancer é também trompetista da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras e da Orquestra Sinfónica de Cascais. Exerce funções como professora de trompete em várias escolas de música e dá aulas de iniciação musical no projeto “Crescer com a Música” do Orfeão de Leiria.

Alto Patrocínio / High Patronage

X